terça-feira, maio 08, 2012

Carne com Paprica


No Outono do ano passado estive em Budapeste, onde passei uns dias a conhecer a cidade, que é lindissima, embora muito peculiar. Numa altura em que cá em Portugal as temperaturas ainda estavam muito amenas, chegámos a Budapeste para enfrentar a cidade sob chuva e frio, para o qual não estava minimamente preparada. Foi deste desconforto com o tempo que surgiu a minha fixação recente com um tempero que cá também é comum, mas certamente não tão amado e utilizado como na Hungria, que é a paprica. A recordação mais forte que tenho em termos gastronómicos da cidade é precisamente uma sopa de goulash, bem carregada de paprika picante, que me aqueceu o corpo e a alma depois de andar várias horas sob chuva e gelada até aos ossos. Desde então tenho usado com mais frequência esta especiaria, não só no goulash como também em guisados, como é o caso desta receita que vos trago. Sempre que quero recriar aquela sensação de confort food e num instante voltar à Citadella de Budapeste, carrego na paprica!!! Se estiver com os nervos, junto-lhe natas para não haver dúvidas :)

Ingredientes:

- 800 gr. de carne de vaca em pedaços, para guisar
- 2 cebolas médias picadas
- 3 colheres de sopa de manteiga
- 1 cubo de caldo de carne (não usei)
- 1 chávena de àgua quente
- 1 chávena de vinho branco
- sumo de 3 limões (usei apenas de 1, grande)
- 2 colheres de sopa de paprica
- 200 ml. de natas (usei uma embalagem de Molho para Carnes, da Mimosa)
- 1 chávena de ervas aromáticas frescas picadas (salsa e cebolinho)

Preparação:

Numa panela de pressão, aqueça a manteiga a doure a carne. Devido à quantidade de carne, dividi esta operação em duas vezes. Acrescente a cebola picada e deixe alourar. Adicione o caldo de carne dissolvido na àgua quente, o vinho, o sumo de limão e a paprica. Coloque a tampa na panela, aguarde até levantar a pressão desejada e conte cerca de 25 a 30 minutos. Este tempo vai variar consoante a qualidade da carne, como não gosto dela desfeita reduzo sempre alguns minutos. Deixe sair todo o vapor e junte o creme ou as natas, as ervas picadas e sirva com arroz branco.

Fonte: Agradeço à Carina pela partilha desta receita tão saborosa.

Notas: Chamo a atenção para o uso do limão. Com o sumo de 1 apenas, fica a notar-se o suficiente no molho. Da primeira vez que fiz esta receita usei os três e ficou fortíssimo, eu gostei porque gosto deste tipo de exageros mas o meu marido não. As miúdas não se queixaram. Adaptem ao vosso gosto particular, tendo em conta que é um sabor que deve estar realçado no final.

18 comentários:

A Paixão da Isa disse...

humm ficou com um bonito aspceto gostei bjs

Cidália disse...

Ficou com um aspecto delicioso!
Beijinhos

Nizz disse...

Gosto muito de comidas picantes, acho que ia adorar esta receita!
Obrigada pela visita ao meu blog e pelo feedback :) e parabéns pelo bom trabalho nesta página!
Beijinhos

Luisa Alexandra disse...

Não sou apreciadora de comida picante, mas adorei o aspecto!

Beijinho e obrigado pela rectificação!

Natércia disse...

Olá Cristina tudo bem contigo? As tuas filhas já devem estar umas senhoras, a tua receita ficou linda e certamente muito boa...um beijinho:))

Cristina disse...

Obrigada pelos vossos comentários!

Atenção que esta comida não é picante, lá em Budapeste é que comi a tal sopa goulash picante :) Luísa, esta que fiz aqui é deliciosa, o molho cremoso limonado joga tão bem com a paprica, é óptimo! Claro que se pode adicionar picante... eu ponho à parte :)

Natércia - As minhas filhas estão já com 8 e 4 anos, umas senhoras em ponto pequeno ;)

Ondina Maria disse...

Adorei. Ainda não conheço Budapeste mas em Praga comi algo semelhante e era delicioso. Uma excelente receita para estes dias chuvosos :)

risonha disse...

eu gosto do sabor forte do limão, por isso acho que arriscaria nos 3... lol

Sofia.Lopez disse...

Olá Cristina,
Que bom ver que voltaste :)
Sabes, eu conheci o teu blog há um ano atrás, mas na altura nem sequer tinha perfil por isso não fiquei seguidora...mas de vez em quando voltava aqui, na esperança de um regresso...é mesmo bom ver que esse regresso foi real. Depois de algum tempo criei o meu blog e foi mesmo uma alegria receber-te! :)Obrigada pela tua visita.

Esta sugestão ficou com uma cor lindíssima e o aspecto cremoso convida a sentar à mesa...
Também não tenho o hábito de usar paprica, mas fiquei mesmo tentada...há dias que apetece comida assim, confortável :)
Beijinho e boa semana

Sabor no Prato disse...

Hummm, o aspecto está muito bom. Parece deliciosa!!

Um abraço, Fabiana.
http://sabornoprato.blogspot.com.br

Susana disse...

Cristina, essa sopa é muito curiosa. Aprecio novos sabores e fiquei com vontade de experimentar essa nova sopinha que parece ser muito reconfortante.

Beijinhos

Susana disse...

Cristina, peço desculpa pela minha desatenção com a receita. Li a tua publicação à tarde e só agora é que tive oportunidade de vir comentar. E fiquei com a ideia que era sopa, mas fui ler agora com mais atenção e apercebi-me que é uma espécie de carne guisada. Estou errada?

Mais uma vez desculpa ):

Beijinhos

Cristina disse...

Sofia - Obrigada pelo carinho! E ainda bem que criaste o Inventuras, gostei muito do teu estilo de cozinha (usas e abusas dos legumes) e também do positivismo que está latente em cada post, em cada foto! Parabéns, vou ser "cliente habitual" ehehehe

Ondina - Não é à toa que, face ao clima mais rigoroso e frio, os povos da Europa de Leste utilizam determinados temperos na carne e sopas! A paprica "aquece" sem ser necessáriamente picante :)

Risonha - Que bom ver "caras" do antigamente por aqui :))) Se gostas de sabor limonado experimenta este guisado, tenho a certeza que vais amar.

Fabiana - Obrigado pela tua visita!

Susana - Não faz mal!!! Não há problema, até foi bom chamares-me a atenção porque apercebi-me que o texto estava confuso e na foto o guisado parece mesmo uma sopa, tal é a quantidade de molho ehehehe Já fiz algumas alterações, acho que agora se percebe melhor. Bjs!

Mary disse...

Olá,Cristina!
Antes demais bem vinda de volta.
Adorei essa refeição,fantástica delicia.

Um bjinho*

Alice disse...

Olá Cristina:)
Eu adoro usar e abusar da paprica, ou colorau, dá um sabor e cor maravilhosos aos pratos! Essa carne ficou com um molho maravilhoso, adoro o aspeto! É mesmo o tipo de confort food que mais gosto:)
Tenho que experimentar também o goulash, adoro sabores picantes!
Beijinhos:)

Romy Almeida disse...

Cristina... aqui em casa não é hábito usar picante nas comidas mas curiosamente até aprecio bastante, se for usado com moderação :)

Bjokas doces***

Xana disse...

Experimentei já a paprika em frango e adorei o resultado!!!
Este teu prato ficou de babar :)

Vera Ferraz disse...

Budapeste, aí está um lugar que eu não visitei mas admiro!
Ficou com tão bom ar essa carninha!! Mesmo apetitosa!!