sexta-feira, maio 11, 2012

Fattoush com favas e pepino




Fattoush é uma salada típica de origem libanesa, que tem a particularidade de incluir pão pita, ou variações deste, torrado e partido em pequenos pedaços. Normalmente a versão original leva pepino, alface e tomate e é temperada com um molho de hortelã, cebolinho e outras ervas aromáticas e especiarias menos usuais na nossa cozinha, como o sumac, mas na verdade presta-se a incluir bastantes legumes e vegetais diferentes. Achei esta variação com favas uma alternativa muito interessante e exótica para utilizar esta vagem, que na nossa cozinha acaba normalmente guisada no tacho.
Neste caso, esta receita tem um tempo significativamente reduzido se usarem favas congeladas, mas sendo Primavera, época por excelência das favas e que tão rápido passa, nem pensei duas vezes em aproveitá-las ao máximo, bem frescas e tenras, como o fiz para esta adaptação de fattoush. Tive a ajuda preciosa da minha filhota Madalena, que descasca favas ou ervilhas num ápice :)

Ingredientes:

- 500 gr. favas frescas (ou congeladas)
- 2 pepinos
- 3 pães pita
- sumo e zest de 1 limão
- 6 clhs. sopa de azeite
- 1 clh. chá de açúcar
- 20 gr. de folhas de hortelã (talos finamente picados)
- 20 gr. de salsa picada
- 20 gr. de cebolinho picado
- 150 gr. de queijo feta. cortado em cubinhos
- metade de uma alface


Preparação:

Começamos por levar um tacho com àgua, levemente salgada, a ferver e coloca-se nele as favas a cozer. O tempo de cozedura vai ser variável, consoante as favas sejam frescas ou congeladas e a sua qualidade. No meu caso demoraram 6 minutos para ficarem completamente cozidas e macias. Transferimos para uma tigela com àgua fria e depois escorremos.De seguida, há quem prefira pacientemente retirar-lhes a casca exterior, só utilizando a vagem interior, mais verde e tenra. Como não gosto de desperdício e as favas eram frescas, não vejo qualquer necessidade nesse pormenor.  Reservar e passar aos pepinos. 

Descascar, retirar as sementes do interior com uma colher pequena e cortá-lo em pequenas meia-luas. Juntar com as favas e as folhas de alface numa saladeira.

Levar o pão pita ao forno, tendo separado préviamente cada um em duas metades, obtendo 6 círculos finos.

Partir o pão pita em pedaços e misturar na salada.

Misturar o azeite, o zest e sumo de limão e o açúcar. Temperar a salada com este molho, adicionar as ervas picadas e incorporar bem os temperos. Finalizar com os pedaços de pão pita e de feta, misturando depois, com gentileza, tudo muito bem.
  


17 comentários:

Susana disse...

Olá Cristina :) Pois parece que andamos em sintonia sim ;)
Gostei muito da tua saladinha, parece-me perfeita... mais uma excelente sugestão para fazer com as minha favinhas :)
Eu só retirei a pele às minhas porque havia algumas cascas que estavam com malhinhas e antes que me deixá-se a salada azeda eu optei por retirar. O processo é relativamente fácil é como retirar a casca aos tremoços ;)


Beijinhos

Susana

Susana disse...

Ah com com a ajuda preciosa da tua filhota essa salada ficou ainda mais especial :)

Beijinhos (outra vez)

risonha disse...

nada como ter uma ajudante na cozinha para nos auxiliar nestas pequenas tarefas.
a tua salada ficou com um aspecto delicioso.

Ondina Maria disse...

Adorei esta versão de fattoush. E claro, sendo época de favas faz todo o sentido aproveitá-las ainda frescas. Na casa da minha avó era eu quem descascava as favas, portanto já venho treinada desde pequenina :p

Piteca disse...

Ora aqui está mais uma excelente sugestão para usar favas, e eu que tenho tantas, que já nem sabia o que lhes fazer...eh eh!
Gostei do aspecto, resta provar! ;)
Beijinhos doces.

Sabor no Prato disse...

Olá Cristina! Saladinha diferente e saborosa!

Um abraço, Fabiana.
http://sabornoprato.blogspot.com.br

cacahuete disse...

Tenho a certeza que o prato ficou muito mais saboroso devido as maozinhas da tua ajudante. Ficou bem bonita a saladinha.

Beijinhos e bom fds

Alice disse...

Eu também gosto de aproveitar sempre os legumes e frutas da época, as receitas até parece que ficam e sabem melhor! Gostei de conhecer um pouco a origem dessa fattoush e da tua versão com as belas favas, deve ser deliciosa, adorei a combinação!
E que linda ajudante que tens:)
Beijinhos e bom fim de semana!

Maísa disse...

Uma saladinha diferente, gostosa e muito especial por ter uma ajudante tão gracinha...beijkas

Duxa disse...

Gostei bastante da tua salada, muito aromática como eu gosto, por mim sem favas, é que ainda não aprendi a gostar, o resto provaria com todo o gosto;)
Um beijinho para ti, e para a madalena:)

Gisela disse...

Olá Cristina, adorei a salada, é favas é bom, e adorei a tua visita.
Um beijinho e bom fim de semana

Rosita Vargas disse...

hola...una gran delicia y muy saludable y mucho mejor con la mini chef...también estoy tentada con las sardinas una exquisitez,abrazos y abrazos.

Ilídia disse...

Olá, Cristina.
Costumava ler o seu blogue, antes da pausa. Sempre em silêncio. Não tinha blogue e passeava-me caladinha pela blogosfera. Assim, foi com muita alegria que me apercebi do seu regresso. Gostei muito desta salada. A fotografia está linda. Ainda a semana passada publiquei uma. E também tive ajuda para descascar as favas :)
Beijinhos,
Ilídia

Babette disse...

Adoro favas e a receita parece-me óptima! Estou tão contente que haja mais Ovo Estrelado! É um blog que acompanho desde sempre... No início apenas como uma anónima interessada em aprender!
Babette

Sofia.Lopez disse...

Olá Cristina,
Gostei muito de conhecer melhor o fatoush, e esta versão com favas parece-me deliciosa! Concordo contigo, a época delas é tão curta que temos de as aproveitar bem enquanto estão tenrinhas e frescas...e a tua sugestão é uma excelente alternativa às guisadas (ontem foram o meu almoço...)
Fiquei muito curiosa com o pão pita e com o tempero, a hortelã deve dar um toque bem fresco a esta salada :)
Com uma ajuda tão preciosa, cozinhar torna-se algo ainda mais especial :)

Beijinhos e boa semana

Rita disse...

Desconhecia o fattouch, mas esta tua versão parece-me mesmo deliciosa! Adoro favas e feta e adoro a ideia de usar o pão pita torrado e em pedacinhos.
Gostei muito de ficar a conhecer o teu blog. Vou voltar mais vezes. :) Um beijinho

Susana Gomes (Gasparzinha) disse...

Cristina, que bom que regressaste em pleno ao blogue!!
Esta receita deve ser mesmo boa, adorei! :)