quarta-feira, junho 24, 2009

Básicos - O chamado Pão de Pirex


Fazer pão em casa tem qualquer coisa de mágico. Pode ficar mais ou menos saboroso, ter mais ou menos sal, ser mais ou menos fôfo, mas é nosso e deixa um cheirinho pela casa que eu sei que as minhas filhas jamais esquecerão, mesmo que passem muitos anos. Este foi um dos primeiros pãezinhos homemade que melhor me resultaram e é simples, simples de fazer! Há muito tempo que não o fazia, mas no outro dia ao vê-lo mencionado a propósito do Artisan Bread , no blog da Gasparzinha, recordei-me que o fazia muito quando começei a utilizar a Bimby, sendo a receita original da saudosa Irebelo (Forumbimby). Encontramo-la em inumeros blogs, como este ou este e portanto não deve ser novidade para muita gente. Seja como for, é bom demais para ser postado e repostado. É como o prestígio de uma magia: sem ser necessário fazer a levedação, vai ao forno dentro de um pirex com tampa e passado meia hora, temos pão quente e surpreendentemente fôfo na mesa. E a crosta crocante??? Experimentem que vão gostar.

Ingredientes:

- 175 gr. de água
- 20 gr. de azeite
- 15 gr. de fermento de padeiro fresco
- 300 gr. de farinha
- 1 c. de chá de sal
- azeite e farinha para untar/polvilhar

É necessário um pirex ou outro recipiente que possa ir ao forno com tampa.

Versão Bimby:

Colocar no copo a água, o fermento e o azeite. Programar 2 minutos, 37º em vel. 2. Juntar a farinha e o sal e misturar 10 segs. vel. 6 e em seguida 2 mins. em vel. Espiga. Durante este tempo convém irmos verificando se a massa está a descolar das paredes do copo, caso não aconteça juntamos mais um pouco de farinha. Com as mãos enfarinhadas retirar a massa do copo e dar-lhe a forma pretendida (é tão agradável mexer na massa nesta fase!). Colocamo-la no pirex untado com farinha, pincelamos a sua superficie com azeite e salpicamos com farinha. Fazemos ainda uns cortes na superficie. Aqui está ele.




Colocamos a tampa do pirex e dessa forma vai ao forno frio cerca de 40 minutos, ou até alourar, a uma temperatura rondando os 200ºC.

Versão Tradicional:

Desfazer o fermento na água morna, não demasiadamente quente (podemos testar a temperatura como fazemos com leite do biberão no antebraço). Juntar os outros ingredientes e misturar bem. Amassar até ficar com uma consistência macia e elástica. Se necessário juntar mais um pouco de farinha. A partir dai seguir os mesmos passos acima descritos: colocar no pyrex untado com azeite, pincelar a superficie com azeite e farinha, fazer uns cortes e levar ao forno num pirex com a tampa, cerca de 40 minutos a 200ºC.

13 comentários:

Abelha Maia disse...

Cristina é mesmo muito bom, faço muitas vezes, tenho muitas saudades da minha Amiga Irebelo, ensinou-me coisas que nunca vou esquecer.
bjsss

ameixa seca disse...

Ando para testar essa receita há algum tempo. Espero fazê-lo em breve porque tem um ar excelente :)

Luísa Alexandra disse...

É mesmo um pão delicioso!
Não o faço à imenso tempo, mas por causa da máquina do pão que facilita...

gasparzinha disse...

Esta receita é mesmo fantástica!
:) :)
Se soubesses o carinho que tenho por ela - por ter sido o primeiro pão que fiz na vida e por ser de quem é! :) :) :)

O segredo da crosta está no facto de ser cozido no pirex com tampa, pois concentra lá dentro os vapores do forno ganhando essa crocância fantástica.

Está lindo! :)

Beijinhos.

Paula disse...

Adorei esta ideia, não conhecia este pão. Ainda bem que re-postou a receita, vou faz~e-la em breve!

Sabores de Aromas disse...

Cristina,
Que pão lindo,e deve ser muito bom.Vejo este pão por toda a blogesfera mas ainda não fiz este delicia.

bjs

G' disse...

O quanto eu adorova experimentar fazer pão em casa, deve ficar delicioso e deve ser uma sensação muito especial comer um pãozinho feito por nós :)

Adorei o teu blog, desculpa a invasão!

Beijinhos*

Mary disse...

Pois, eu ainda não o fiz, mas este fim-de-semana não escapa!
Cristina, o teu está lindíssimo, essa massa super fofa, quentinha deve ser um must...finalmente, fiquei rendida! hehehe:)

Nani disse...

Um pãozinho delicioso, já tenho a receita para o fazer brevemente, bjs.

Cláudia disse...

Adorei esta receita, conheço uma de fermentação longa, que não precisa sovar, do NYTimes, mas essa é ainda melhor pela rapidez, fez e assou. A minha máquina não tem opções de programar passo a passo, mas vale a pena tentar no ciclo massa ou talvez até fazer à mão, pois é muito prática!

bjs

moranguita disse...

sou viciadad em pao. como e comia bem amis ainda.e quentinho entao.
tenho mesmod e me render e comprar uam mp.
beijocas

Canela disse...

Cristina
Engraçado que tambem o fiz depois de o ver no No soup for you....Muito bom este pão!

Ricardo disse...

Que delicia de pão e aparenta ser bem fácil de fazer, ficou saboroso e fofinho, vê-se bem pela foto :) xxx