terça-feira, julho 03, 2012

Bolo de Baunilha e Doce de Leite


Tenho uma manifesta falta de jeito para bolos festivos, elaborados, requintados. Quando ouço falar em recheios, coberturas, decorações com pasta disto e daquilo o meu instinto diz-me logo para não me empolgar muito. Por outro lado, acho que tenho uma mão demasiado abrutalhada para estas delicadezas e pormenores, falta-me a habilidade. A paciência. Deve ser por isso que quando vejo maravilhas como esta, me sinta verdadeiramente estarrecida, por ver que há quem transforme bolos em obras de arte únicas, capazes de encantar crianças e adultos e pontuar de forma inesquecivel ocasiões de celebração.

De aspecto o meu bolo pode não vos dizer muito, porque está simples, torto e algo grosseiro. Mas acreditem que fi-lo com suor, sangue e lágrimas. Ok, não houve sangue, mas achei que o dramatismo ficava bem para vos mostrar como me esforçei. Houve lágrimas, porque a primeira cobertura, tirada da receita original, ficou péssima, carregada de manteiga e açúcar e teve de ir para o lixo. Porque não consegui espalhar o dulce de leche, espesso como o raio, em cima da cobertura leve e airosa de natas e queijo- creme. Entre outros desaires. Mas no fim consegui dar-lhe a volta. Foi para a minha mãe e só por isso valia o esforço, mas esse tom de modéstia só durou até o provar.

Não houve nenhum bolo ou sobremesa feito por mim que tenha suscitado as reacções que este provocou. Todos que o provaram foram unânimes e dou-vos a minha palavra: para quem aprecia o sabor caramelizado do dulce de leche, é absolutamente fantástico! Não tenho mesmo palavras, é uma delícia. E se podia ter melhor cara, acredito que sim, mas deixo isso nas mãos das especialistas ;)
 


Ingredientes:

Para os bolos:

- 1 frasco com 450 gr. de doce de leite, marca Mardel (comprei no Supercor - caso não encontrem poderão substituir pelo leite condensado cozido da Nestlé. Não garanto que fique tão bom.)
- 2 chávenas de farinha de trigo para bolos
- 1 colher de sopa de fermento
- 1/2 colher de chá de sal
- 3/4 chávena de manteiga sem sal, a temperatura ambiente
- 1 e 1/2 chávena.de açúcar
- 5 claras de ovo
- 2 colheres de chá de extrato de baunilha
- 1 chávena de leite


Para a cobertura:

- 4 a 5 colheres de sopa do doce de leite
- 1 pacote de natas de 200 ml.
- 1 embalagem de queijo-creme, com 200 gr.
- um punhado de nozes pecans

* Capacidade de chávena - 220 ml

Preparação:

Aqueça o forno de 170ºC. Unte duas formas redondas com 20 cm de diâmetro com manteiga e polvilhe-as com farinha. Eu optei por forrá-las com papel vegetal.

Numa tigela, misture a farinha peneirada com o fermento e o sal.

Com ajuda da batedeira elétrica, bata a manteiga num velocidade média, até que fique cremosa.

Vá adicionando gradualmente o açúcar, batendo sempre até ficar muito bem misturado com a manteiga, num creme claro e liso. Junte a baunilha.

Baixe a velocidade da batedeira e divida a mistura das farinhas em três porções. Vá juntando cada uma destas alternadamente com o leite, batendo sempre até a massa ficar bem misturada.

Bata as claras em castelo e incorpore-as gentilmente na massa, com ajuda de uma espátula.

Divida a massa pelas duas formas. Abane-as ligeiramente para a massa ficar espalhada por igual e leve-as ao forno, cerca de 30 a 40 minutos, fazendo o teste do palito para se certificar que estão ambos cozidos.

Retire os bolos e deixe-os arrefecer completamente, numa grelha. Após estarem frios, corte-os longitudinalmente, com uma faca bem afiada, obtendo 4 partes de bolo.

Com uma batedeira ou vara de arames, bata as natas com o queijo-creme e uma colher de sopa de açúcar. Deve bater bem até a mistura ficar bem firme. Junte as 4 colheres de sopa de doce de leite e misture delicadamente com um garfo, obtendo um creme de cor acastanhada clara.

Para montar o bolo: Divida o doce de leite em três partes. Disponha uma camada para a base do bolo num prato de servir e espalhe uma das partes do doce de leite. Coloque por cima outra camada de bolo e assim sucessivamente. Termine com o quarto bolo. Espalhe cuidadosamente a cobertura pelo bolo e decore com nozes pecans.  Leve ao frio umas duas a três horas antes de servir.


Fonte: Receita adaptada a partir daqui. A cobertura original é feita com uma base de manteiga, que além de não ser muito do meu gosto, acabou por sair mal, talhou e ficou excessivamente doce. Optei por fazer a segunda cobertura, que na minha opinião encaixou na perfeição com o resto do bolo. Mesmo assim, debati-me com alguma falta de firmeza do creme. Escorreu levemente pelos lados mas não passou do que veêm nas fotos. Aceito sugestões para aperfeiçoar este aspecto. De sabor ela estava excelente, e bastante leve. 

Nota - Fiz os bolos no dia anterior a ser servido e deixei-o recheado, no frio. No dia da festa fiz a cobertura,

47 comentários:

Artes da Mel disse...

Mas esse bolo ficou maravilhoso! Imagino que o sabor deve estar delicioso! Adirei a receita da cobertura, vou anotar!
Bj
Mel

Ameixinha disse...

Sofro do mesmo mal, mas olha que lhe deste bem a volta, ficou fantástico :)

Candy Love disse...

Tenho a certeza que ia adorar o bolo!!! Tem um aspecto delicioso!! ;)

Isadora disse...

o seu bolo parece delicioso!!

não precisava de sangue nem lágrimas!

amei amei!!! suor porque dá trabalho realizar com perfeição um bolo desses!

http://deliciasdaisa.blogspot.com.br/

Erva Doce e Canela disse...

Cristina,

O que eu me ri com o que escreveste! Mas olha que eu achei que o bolo ficou com um aspecto além de guloso, fantástico!
A moça do Lume Brando faz coisas fantásticas, gosto muito!

Beijinhos grandes

frango do campo disse...

fiquei parada na última foto!!! tantas camadas de puro prazer :) confesso que tal como tu também fico com um frio no estomago quando vou fazer um bolo de festa, mas porque os meus bolos são sempre uma tristeza e mal crescem :( o teu ficou maravilhoso! então as camadinhas hmmm :) parabéns ficou lindo

Cidália disse...

Este bolo deliciou-me só de olhar para as camadas de recheio!
Magnífico.
Beijinhos

Ginja disse...

Eu ainda estou a olhar para as fotos e vou-me deixando ficar... :)
Está lindo Cristina! Não vejo defeitos. Só um bolo lindo, brilhantemente executado, com camadas de puro prazer. Feito com carinho, com ingredientes de eleição para alguém querido.
Adoro doce de leite. Adorei o resultado final, lindo, depois de tanto suor, sangue e lágrimas :))
Adoraria provar um fatia desse pecado.
Beijinho e parabéns.

são33 disse...

PARA QUEM DIZ QUE NÃO TEM JEITO ATÉ QUE SAIU UM BOLO LINDO.
O INTERIOR ESTA DELICIOSO.
ADOREI,CONTINUA QUE VAIS BEM .BJS

Ondina Maria disse...

LOL, como te compreendo! Também sou um pouco trambolho no que toca a decorações e delicadezas. Falta-me o jeito e a paciência. Até o Vel é melhor do que eu a empratar e enfeitar, para veres a minha desgraça! Mas eu achei que este bolo está lindo. O seu aspecto é muito caseirinho e adorei ver o interior, que belas camadinhas!

Catarina Sá - A Cozinha da Kinhas disse...

Para mim está perfeito!!! No fundo não somos pasteleiras ou cozinheiras profissionais, mas ao dar-mos o nosso melhor e mesmo que o bolo fique torto e choremos baba e ranho porque não ficou bonito, o esforço é sempre compensado quando nos dizem: olha vou comer outra fatia, pois está mesmo bom!

e venham mais bolos iguais a este!

beijinhos

Joana disse...

Este bolo está uma verdadeira tentação :)
Eu "roubava" uma fatia para levar para o meu lanche!!!
Que delicia! :)
Um beijinho

JotaSousa disse...

Podes estar orgulhosa, porque o trabalho e o tempo dispensados valeram bem a pena.
Ficou lindo este bolo e de certeza que delicioso!
A fotografia do interior deixa-me... :DD
(Alguém que faça anos rapidamente para eu testar a receita :DDD)

Sofia.Lopez disse...

Cristina,
Temos uma "mão" muito parecida...eheh
Enquanto estava a ler o texto revi-me muito no que lia...parecia até que me lias os pensamentos...não sou de arriscar muito (ou quase nada), mas sonho quando vejo imagens de bolos lindos, imagino-me a conseguir fazê-los "tal e qual"...só que temos uma diferença, tu arriscaste, e por um excelente motivo, algo que valeu todo o esforço, lágrima, suor e sangue (gostei do drama eheh).
Agora o bolo...para mim ficou lindo, ficou pleno de carinho, essa cobertura revela o teu amor e dedicação. Gulosa por estar a escorrer, linda porque tem a cor de um doce que eu TANTO gosto, e por cima as nozes pecan...que maravilha!
O interior está mesmo, mesmo irresistível! Acredito piamente quando dizes que foi um sucesso, a imagem diz tudo...essas camadas estão perfeitas!
O que eu queria mesmo era poder provar...como já não deve haver migalha, queria encontrar esse tal dulce de leche! :)

Parabéns Cristina, este bolo está fantástico! A tua mãe deve ter adorado e ficado muito feliz :)
Um beijinho

Tayrine Castro disse...

Hummm, bolinho deste logo apos o almoço, deu até água na boca.
http://embuscadolarperfeito.blogspot.com.br/. Tenha uma ótima semana.

Cinha disse...

Que maravilha de aspecto!!!
Eu uso sempre esse doce de leite,compro no Froiz.
Beijinhos grandes.

Andréa Mota disse...

Podes até ficar nervosa com coberturas, achar que não dá jeito.. mas eu -veementemente- discordo!! Fiquei apaixonado por esse bolo, lindo por dentro e com uma cobertura linda, deliciosa para começo de conversa e completamente apaixonante e, acredito, apaixonada. Adoro seu blog! É delicioso.

saborescomhistoria disse...

Essa última foto é pecaminosa, e nem duvido que tenha ficado delicioso. Quanto à perfeição, mais perfeito do que me parece só eu provando :) beijinhos

Mafalda disse...

Ai meu Deus... ainda não consegui tirar os olhos da fotografia e estou a babar que não paro.... ahahahaha.. tenho que fazer este bolo dê por onde der.. ;)
Obrigado Cristina pela maravilhosa ideia...

Vera disse...

olá cristina,
acho que o bolo ficou fantástico, e não estou só a ser simpática...está com um aspecto maravilhoso.gostei especialmente da fotografia que dá para ver o interior...não me pareceu nada torto =)

Romy Almeida disse...

Concordo que os olhos também comem mas acho que o principal está no interior.
De que adianta teres um bolo todo bonito à tua frente... que por vezes não apetece partir de tão artístico que está... se por dentro não vale nada!?!?
Acredita Cristina... eu adoro bolos como esse teu... quando os partimos é uma surpresa deliciosa e não há nada que nos tire isso :)
Vou levar a receita comigo pois aposto que aqui em casa vão adorar :D

Bjokas

Maísa disse...

Meus deuses!!! Cris, mas isso ficou a maravilha das maravilhas...Parabéns pela delícia, essa cobertura ficou de arrasar!Ficou impecável!!beijão

Belinha disse...

Que óptimo aspecto. Parabéns.
Já comia uma fatia.
Beijinhos~
Belinha
Mundo das Receitas
http://mundodasreceitas.blogspot.pt/

Ana Claudia disse...

Hum, que bolo lindo Cristina, adorei!
Perfeito!Beijos
Ana Claudia
www.anaclaudianacozinha.blogspot.com.br

Formiguinha disse...

Olá:)

Ficou lindo! Depois de tanto suor e lágrimas saiu este bolo maravilhoso que tem tudo para ser delicioso.
Para mim ficou perfeito:)
Gostava de provar um bocadinho...

Beijinhos

Erva Doce e Canela disse...

Obrigada pelo teu carinho :)
Têm muitas imperfeições, tudo o que aprendi foi entre erros e acertos, tutoriais na net, youtube, etc. Adoro fazer este tipo de decorações, este trabalho é fantástico! torná-lo uma profissão, por mais que eu quisesse, já há imensa gente a fazê-lo e primeiro quero investir na formação - começo com o workshop nivel 1 daqui a um tempinho.

Beijinhos grandes

Narwen Ninniach disse...

Fantástico este bolo...mais perfeito seria impossível.

Beijinhos

Duxa disse...

Olá Cristina, pelo que nos contas foi uma verdadeira aventura:))
Adoro finais felizes, como este que tenho diante dos meus olhos.
Os meus sinceros parabéns, a receita é fantástica, e o bolo está lindo, lindo. Qual a mãe que não ficaria orgulhosa ao receber um bolo feito com tanto amor.
Beijinhos.

Isa Bettencourt disse...

tou-me a babar toda :P ahaha
assim vc me mata!

Piteca disse...

Eh Eh Eh...Amiga eu defendo que com um pouco de paciência tudo se consegue... O teu bolinho por fora pode ter ficado com um aspecto meio tosco, mas por dentro está maravilhoso e acredito que estivesse uma delicia, e no fim de contas o que realmente interessa é isso mesmo! ;)
Beijinhos doces.

Ana - Lady ao fogão disse...

nao ha palavras para descrever este bolo, ficou maravilhoso!

beijinho

Maria disse...

Está mesmo divinal :)

A Delicodoce disse...

Que maravilha de bolo!!!
Para quem diz não tem jeito...Eu diria: fará se tivesse...
Adorei e eu que acho que até tenho algum jeito vou levar a receita e ver se consigo fazer :))
O desejo de um ótimo fim-de-semam e beijinho.

Babette disse...

O bolo ficou o máximo! E a descrição soa mesmo a delicioso!!!! Revi-me completamente no teu texto... só de pensar naqueles bolos com pasta de açúcar e muito pormenores geométricos ou de outro tipo até me dá arrepios!!! Gosto de ver e admiro, mas confesso a minha incapacidade sequer em tentar!
Babette

Mãos de prata disse...

Olá Cristina: fartei-me de rir com a tua introdução ( com a qual também me identifico,não tenho grande jeito para decorações de bolos). No entanto, este bolo ficou com muito bom aspeto,com as camadas recheadas de doce de leite, e com um "saudável" aspeto a caseiro.
Bj
Márcia

Ilídia disse...

Pois eu acho que ficou lindo. Com aquele ar caseiro de quem o fez com muita dedicação.
Os bolos da Teresa são, realmente, lindos, mas têm aquela perfeição que eu sei que, desastrada como sou, jamais alcançarei.
Um beijo e boa semana.
Ilídia

Ana Prazeres disse...

Ando mesmo distraída!!! VOLTOU!!!
Que bom!!!

Beijinho

Lume Brando disse...

O bolo ficou lindo por dentro e por fora, Cristina!
Os elogios devem ter sido mais do que merecidos!
Fiquei surpreendida quando vi que o link que colocou ia ter ao meu LB!!! Eu própria achava que nunca conseguiria fazer bolos minimamente decentes, mas é uma questão de prática. Não desista :)
Um beijinho e obrigada!
Teresa
PS: tenho esse serviço da VA e adoro, apesar de não o usar muito! Que coincidência gira!

Sandra G disse...

Ficou com um aspecto bem guloso, que perdição.

Bjs

Lenita disse...

Vendo isto e lendo o texto eu diria que tem imenso jeito para bolos decorados, pois este está lindo e especialmente guloso! Gosto de ver a cobertura a escorrer, que vontade de lhe meter o dedo!
O interior irresistível...
Bjs

M. disse...

Cristina, está belíssimo!!! Também sou assim, mas para pior: é que nem tento! Acho que o teu bolo está cheio de arte. E não gosto de coisas demasiado acertadas, não são humanas ;)
Beijinhos,
Madalena

Luiz Claudio disse...

Prezada,

Confesso que fiquei meio sem jeito por não saber como chamá-la. Achei que "Ovo estrelado" não combinava com a foto de seu perfil, mas tudo bem, quebra-se o protocolo e vamos ao que interessa. O bolo. Olha, eu não sou chegado a doce, sempre preferi os pratos salgados, mas não pude de deixar de ler esta receita. menina, que coisa instigante e que faz a gente imaginar o sabor! Taí. Gostei. Já anotei seu endereço e certamente vou segui-la mais de perto. Abraço e bom apetite!

Luiz

Susana Gomes (Gasparzinha) disse...

É das pequenas imperfeição que vem o melhor dos sabores: pelas fotos, deve ser mesmo delicioso!!! :)

Salsa Verde disse...

Querida Cristina,
Acredito que o bolo tenha sido um sucesso, pois o aspecto é divino e a apresentação, qual torto, qual quê. É caseiro e isso é que define e dá beleza aos bolos caseiros.
Lindo e maravilhoso minha querida!
Beijinhos,
Lia.

Susana Machado disse...

Ai ai, que perdição!!! As fatias ficaram maravilhosas... adorei o blog e está no meus favoritos!!

Convido também a visitar o meu:
http://sudelicia.blogspot.pt/

Beijinhos

Anónimo disse...

Olá!

Podia dizer-me onde comprou as pecans?

Muito obrigada!

(marisa-eugenio@hotmail.com)

Cristina disse...

Olá Marisa! Comprei as nozes pecans no supermercado Suportel, no Centro Comercial da Portela. Bj e obrigado pela visita!