segunda-feira, julho 20, 2009

Creme de Brócolos e Alho-Francês


Este e futuros posts sobre sopas são inteiramente dedicados ao meu mano e outros "aprendizes" como ele, que sairam de casa para viver sózinhos e de repente se viram à rasca para fazer coisas básicas... como sopa!!! Sei que para muitos de vós não tem nada de novo, mas à luz das perguntas sobre comida que ele me fazia quando se mudou para a casa nova, acredito que tudo é possível em matéria de desconhecimento culinário :)

- 1.5 lts. de água
- 1 c. sobremesa de sal
- 500 gr. de batata
- 200 gr. de cebola (usei uma cebola grandalhona)
- 2 dentes de alho
- 100 gr. de nabo (equivalente a metade de uma cabeça)
- 150 gr. de abóbora
- 200 gr. de alho-francês (metade parte branca, metade parte verde)
- 350 gr. de brócolos

Levar a água a ferver, temperada com o sal, e entretanto arranjar os legumes. Descascar, lavar e cortar em pedaços as batatas, o nabo, a abóbora, a cebola e o alho-francês. Colocar no tacho e juntar os dentes de alho. Levar a cozer cerca de 40 minutos, confirmando se após este tempo os legumes estão bem cozidos, o que, no contexto sopa, significa que estarão a começar a desfazer-se. A 20 minutos do fim adicionar os brócolos, lavados, sem a parte dos pés mais dura e separados em raminhos.Retirar do lume. Juntar o azeite a gosto (como é suposto ficar mais tipo creme aconselho a pôr uma quantidade mais generosa) e bater com a varinha. Não deixo chegar à textura aveludada, própria dos cremes, pois gosto de sentir a textura um pouco granulosa. Tem um sabor discreto, mas que conforta, não há dúvidas :)

17 comentários:

Luísa Alexandra disse...

Que bonito!
A mana a encaminhar o mano nas lides culinárias!!!!

O meu é mais desenrascado... quando foi morar sozinho vinha jantar a minha casa!!!!

A sopa está excelente, para mim tem de ser mesmo aveludada, super bem passada!

Cristina disse...

Ehehehe, também Luisa, quem o pode recriminar, com cada petisqueira que fazes, eu faria o mesmo que ele :) O meu também bate lá à porta de vez em quando para comer também, e eu adoro claro, nada me dá mais gosto que mimar familia. Bjs!

Mamã Catarina disse...

Parece que tivémos transmissão de pensamentos! Vinha eu para aqui para te avisar sobre o desafio e recebo lá no meu cantinho um comentário teu! Assim sendo já tens conhecimento :)

Quanto a sopinhas eu não vou a meio termo... ou gosto delas bem quentinhas no Inverno ou gosto delas fresquinhas no Verão! Mesmo assim acho que poderia comer mais, só fazem é bem! Tal como esta tua, com tantos ingredientes e todos eles tão ricos :)

Beijinhos e boa semana!!

Vânia Costa disse...

Cristina,

Foi mesmo sintonia hoje =)
E que bela sintonia! As sopas são, sem dúvida, o auge da confort-food! São aquelas que nos ligam às mamãs e às avós, as memórias de infância, ao conforto de casa...
Este teu creme ficou fabuloso, deve ser uma delicia!
E fazes bem em dar umas dicas ao mano... Eu de vez em qunado também ajudo a mana que só se mudou há um mês e tem um bebé... Com sopa dá-se ela bem... Mas depois disso... eheh

Beijoca grande e uma boa semana minha querida*

Cabra Caprichosa disse...

hummmm parece estar mesmo boa!!

Abelha Maia disse...

Olá
Só te ficam bem estes sentimentos..lol.
Eu para mim serve mesmo bem, comi nestas férias tanta desgraça calórica, a tua sopa está magnifica.
bjs

Isa Lourenço disse...

Cristina,

Ficou fantástico esse creme!!!
O mano vai agradecer de certeza ;)

Bjos

gasparzinha disse...

Que eu sou uma mulher dada a sopas, nem o nome do meu blog me deixaria dizer o contrário, mas uma mulher tem que ser generosa: há que ensinar umas cositas aos homens senão a coisa descamba!

Mas o irmão está em boas mãos. :) :)

Beijinhos.

Canela disse...

Cristina
Ainda venho a tempo?Já não deve haver...
Muito bem aperaltada e saborosa!
Beijo

Sabores de Aromas disse...

Cristina,
Essa sopa deve estar divina.
mas de brócolos nunca fiz,mas comia essa sopinha com um ar tão delicioso.E o mano foi bom aluno:):)linda menina assim é que é:)a ensinar o mano!

bjs

Mary disse...

Cristina, adoro creme de brócolos, normalmente faço só com cenoura e regálo-me ao jantar! Com alho francês e abóbora hei-de experimentar! :)

moranguita disse...

uma blea ideia esta sopa. e pois a que isntruir bem o maninho. assim vai aprender a fazer sopinhas num instante. beijinhos

risonha disse...

toda a gente sabe que eu sou maníaca por sopas, por isso nem é preciso comentar que eu adorei esta receita.

A Trofa tem Cozinheira disse...

Maravilha das maravilhas.....adorei!! deve ser bem gostosa!!

PS: È HOJE QUE FAÇO as tuas lulas com cerveja!! Carago que so me mudam os planos!! lol

Ricardo disse...

Adorei esta sopa maravilhosa, que delicia mesmo ....apetece-me come-la já... já jinhos doces :) xxxx

leonor de sousa bastos disse...

Cristina,

Apesar de ter um pai que sempre que ficava sozinho connosco (sou a filha do meio de 3) nos condenava a ovos mexidos (a única coisa que sabe fazer) o meu irmão e o meu avô safam-se muito bem na cozinha.

Quanto ao Miguel ainda só faz risotto e por isso, sempre que se oferece para fazer o jantar já sei o menú à partida...:)

Eu já disse ao Miguel que quando tivermos filhos, mesmo os meninos, vão ter que aprender a cozinhar, afinal é um grande passo para a independência!eheh!

...isto de mudar de casa e não saber viver sozinho não dá mesmo jeito nenhum!:)

Uma sopa é daquelas comidas básicas e reconfortantes que salva qualquer refeição!
Adoro alho-francês e os bróculos além de serem óptimos são o vegetal que faz melhor à saúde.
Com esse ovo cozido picado no meio a sopa fica completa!! :)

Não cheguei a dizer, mas hoje estava a fazer lulas para o jantar e ía experimentar com a cerveja. O que aconteceu foi que estava a responder a emails ao mesmo tempo e só me lembrei quando já cheirava a queimado...
Sim...fiquei frustrada e remediei com um frango tandori que estava programado para o dia seguinte.
...mesmo assim, as lulas hão-de voltar!!;)

Beijo

Paula Pacheco disse...

Adoro sopas, este prato é muito rico, tens muitos legumes e hortaliças...ficou muito bom,
bjs,
Paula