quinta-feira, junho 22, 2006

Entrecosto de porco com mel




Este entrecosto fica simplesmente delicioso. Foi o meu pai que me ensinou, daí as influências chinesas na utilização do molho de soja e o gengibre. Há qualquer coisa no adocicado deste que dá vontade de comer sem parar... Habitualmente compro-o numa loja de produtos chineses nos Restauradores, num centro comercial pequenino e antigo que fica mesmo ao lado do Elevador da Glória. Há um molho mais escuro e outro mais claro, e pelo que aprendi com a ascendência oriental familiar, se o primeiro é mais utilizado para temperar antes de cozinhar, o segundo já é mais utilizado para condimentar directamente o alimento. É daquele que se encontra normalmente nos restaurantes chineses em cima da mesa e que usamos para temperar os crepes ou o arroz. Penso que também haja nos hipermercados, mas segundo o meu pai não chega aos pés daquele, que é O SPECIAL ONE. Ihihihihih...

Ingredientes:

- 1 Kg entrecosto de porco inteiro, estilo "piano"
- gengibre em pó e sal
- molho de soja "escuro"
- mel
- 5 ou 6 dentes de alhos picados
- whisky
- Margarina para culinária

Convém temperar de véspera o entrecosto, e para isso massaja-se a carne com cerca de 2 colheres de sopa de mel, com os alhos bem picadinhos, o sal, o gengibre e cerca de 1/3 de um copo de molho de soja. Não é preciso abusar muito deste, mas convém que a carne fique toda por igual com o tom acastanhado do molho. Salpica-se a carne com cerca de 2, 3 colheres de sopa de whisky. Aquece-se o forno a cerca de 200 ºC, e espalham-se nozes de margarina por cima da carne. Não costumo pôr muita margarina, porque prefiro o molho mais para o fluido, resultado do molho de soja, do que muito gorduroso, e consequentemente, espesso. Assar lentamente em forno médio, molhando e virando regularmente a carne. Se o molho for secando muito, pode-se juntar um pouco de água e/ou molho de soja. Servir com arroz salteado com legumes ou então arroz branco e a acompanhar couve chinesa cozida. Bom apetite!




6 comentários:

from_viana disse...

Fiz esta receita e gostei...relativamente.
Senãos:
- fiquei sem molho. Não sei porquê. Muito tempo de forno?
- faltava-lhe picante, acho eu.

Vou repetir, com piri-piri e menos tempo no forno.

Cristina disse...

Olá, seja bem vindo(a)

Que pena, isto costuma ficar muito bom, mas realmente tem o problema de eu já ir com a prática ir controlando a olho a questão do molho :( Experimente ir adicionando uma mistura de água e molho de soja, para o entrecosto estar sempre "embebido", e o forno deve estar moderado, para cozer o entrecosto sem esturricar. O piri-piri parece-me óptima ideia, só não ponho por causa da filhota e do marido que não gosta. Bons cozinhados!!

JOSE MS MIGUEL disse...

Olá
chamo-me Miguel.
Andava a descobrir prataos de entrecosto na Net e dei com o teu Blog. Gostei bastante de ler os tesus artigos, acho que tens sentido de humeor.
Uma vez por semana gosto de cozinhar e iventar ...
Tambem tenho um blog : estoriasdomanel.blogspot.com
beijos
Miguel
o meu contacto é 919546476

gasparzinha disse...

Este leva whisky! Deve ficar fabuloso. :)
O próximo é este. :) :)

Beijinhos.

Cristina disse...

Que giro, uma visita aos primórdios do meu blog eheheh

Na altura estava mesmo "verde" a escrever as receitas, porque convém temperar com doses maiores às que indico. Com o tempo e experiência vou cada vez mais exagerando no mel e no molho de soja e se há coisa que percebi é que fica cada vez melhor. O whisky deve fazer o mesmo efeito que o vinagre que usaste, serve para "limpar" a carne, se me entendes :) E quando tenho uso gengibre fresco em tirinhas fininhas, fica óptimo. Bjs!

Inês disse...

Parece delicioso, o aspecto é divinal!