sábado, janeiro 30, 2010

Gratinado de abóbora e couve-flor


A preparação desta receita acabou por ser um pouco estranha, já que andava impressa e embrulhadinha tipo um quantos-queres na minha mala há uns bons meses e pela longa descrição do autor ou autora fazia crer que era bem mais demorada e complexa do que na realidade... poderia ser. Isto é, não sei se me faço explicar, mas ao preparar os ingredientes, com misturinha para aqui e misturinha para ali e camada disto e daquilo, cheguei rápidamente à conclusão, que se confirmou no final, já preparado para ir ao forno, que há uma maneira bem mais simples e rápida para se preparar este gratinado. Fica divinal, para quem gosta de abóbora e couve-flor, como é óbvio, mas vejam lá se não concordam com a forma mais abreviada, que pretendo usar da próxima vez. Vai dar ao mesmo e não é preciso andar a tirar do forno e a mexer para misturar a farinha a seco com o leite e companhia!!! Outra coisa, o tempo de forno tem de ser maior, reservem uma boa hora e meia, duas horas para que os legumes fiquem bem macios.

Ingredientes:

- 1 chavena de pão ralado
- ½ chávena de sementes de abóbora (não usei)
- 1 c sopa de manteiga sem sal derretida
- 1 c. de chá de tomilho seco
- ¾ chávena de queijo de cabra desfeito em pedaços

- 1 abóbora pequena (sem pele, sem sementes e em pedaços)
- 1 couve-flor (em pedaços)
- 2 c. sopa de farinha
- 2 dentes de alho laminado
- 2 c. chá de sementes de mostarda
- 1 c chá de sal
- 1 c. sopa de cominhos
- 1 c. chá de sementes de coentros
- meia colher de chá de pimenta
- 1 chávena com metade de leite e metade de natas

Aquecer o forno a 210º C. Untar uma travessa de ir ao forno com margarina.

Numa tigela misturar o pão ralado, as sementes de abóbora, caso usem, a manteiga derretida, metade do tomilho, o queijo esfarelado, e reservar.

Noutra tigela, misturar a farinha, alho, sementes de mostarda, sal, cominhos e pimenta e o restante tomilho.

Colocar 1/3 da abobora na travessa e polvilhar com 2 c. de sopa da mistura de farinha. Colocar 1/3 da couve-flor e polvilhar com 2 c. de sopa da mistura de farinha.

Colocar estas camadas sucessivamente até terminar, com a abóbora por cima.

Despejar a mistura leite/natas por cima e levar ao forno cerca de 30 minutos.

Por fim, polvilhar com a mistura de migalhas de pão e o queijo de cabra e recolocar no forno mais 30 minutos, até estar bem gratinado.

Da próxima vez faço assim: Preparo um bechamel (uns 500 a 600 ml), sem usar as natas, que tempero com o alho picadinho, as sementes de mostarda, o sal, a pimenta e o restante tomilho. Não vou utilizar as cominhos, pois não gostei do sabor que deram ao gratinado. Disponho os legumes numa travessa de ir ao forno, sem fazer camadas, cubro com o bechamel, deito a mistura do pão ralado e o queijo e vai ao forno...


Fonte: www.delish.com

21 comentários:

Luísa Alexandra disse...

Apesar de ser bastante demorado o tempo de confecção estou certa que vale a pensa, ficou fantástico de aspecto.

Beijo.

argas disse...

Claro que concordo!! E é uma excelente combinação! bjinhos

cacahuete disse...

Tanto de uma maneira como de outra, parece-me que vai dar quase ao mesmo. Adorei os ingredientes que leva e a apresentacao final, para alem de ser um acompanhamento vegetariano.

Beijinhos e boa semana

SoraiaSilva disse...

Que acompanhamento fantástico :):)
Ameiiii!
beijinhos*

gasparzinha disse...

Amiga, eu adoro gratinados com abóbora!
Se quiseres, espreita aqui esta receita que publiquei, em que usei carne desfiada e o bechamel e depois um crumble de queijo e aveia - fica logo a refeição completa e com couve flor deve fixar divinal!

http://nosoup-foryou.blogspot.com/2009/10/crumble-de-abobora-e-peru.html

Beijinhos.

Abelha Maia disse...

Os ingredientes são uma delicia, apesar do tempo de demora.
bjsss

Pratos da Bela disse...

Hummmmm
Imagino o sabor, pelo aspecto gostoso.
Jinhos fofos

Vânia Costa disse...

Cristininha,

Tens razão... é bem mais prático como tu dizes! Mas de qualquer forma, mais rápido, mais simples ou mais complicado, tanto faz! O que interessa é a delicia que publicaste! Gosto imenso destes acompanhamentos assim... Ai ai...

Beijinho*

Mary disse...

Olá,Cristina!
Ficou com um aspecto sensacional
e é uma excelente combinação!


Bjinhos

Manuela L. disse...

Que bela combinação! ficou com um aspecto!
Bjs

Talita disse...

Oi, Cristina! Que lindo tá seu blog! O gratinado estava sem dúvida delicioso!

naomemandeflores disse...

Hummm...que delícia!

Mari - Strawberrycandy disse...

Adorei a receita...óptima sugestão...
Beijinhos

Mónica - Diário da Cozinha disse...

É um acompanhamento diferente e apetitoso!

;-)

Ana Powell disse...

Excelente gratinado, também customo fazê-lo o de abóbora e couve-flor.
Uma delicia x

moranguita disse...

pode ter demorado imenso mas esta uma delicia este gratinado bem do meu agrado
beijinhos e boa semana

Smsn - artes e ideias disse...

optima sugestao!!

smsn.artes

Dani Bros disse...

Divino!
Gostaria de convidá-la a visitar meu blog tem idéias e receitas bem legais!
http://casadfarinha.blogspot.com/
Uma ótima semana para você!
bjks

ameixa seca disse...

Esta receita escapou-me completamente. Não sou grande fã de couve flor mas também só a provei cozida. Assim deve ficar mil vezes melhor. Ainda por cima com todos esses temperos deliciosos :)

Aroma e Artesanatos - By Simone disse...

Olá,
Vim conhecer e me deparei com essas delícias! Hummmm o pior que tô de regime, fazer o que né...
Já está adicionado e seguido...

bjo

Simone.

Mary disse...

Olá,Cristina!
Esse doce está com um aspecto irresistível,e deve ser muitíssimo bom!

Bjinhos e boa semana